A COOPERATIVA JURITI

A Cooperativa Juriti tem como principal atividade o beneficiamento do arroz, cujo processo envolve as etapas de secagem, armazenamento, industrialização e comercialização da produção recebida dos seus associados. Atua também na produção de sementes certificadas de arroz e na comercialização de fertilizantes e defensivos agrícolas.

A filosofia da Cooperativa Juriti, implantada desde a sua fundação na década de 60 e que perdura até hoje, busca o crescimento social dos seus associados - razão da existência da Cooperativa - e dos seus colaboradores, proporcionando a eles o desenvolvimento técnico e econômico por meio de programas de melhoria da qualidade de vida, de proteção ao meio ambiente e de capacitação e atualização técnica.

  • NEGÓCIO

    Beneficiar, industrializar e
    comercializar arroz e outros
    produtos agrícolas.

  • MISSÃO

    Produzir alimentos saudáveis para
    a satisfação dos consumidores,
    respeitando os princípios
    cooperativistas

  • VISÃO

    Ser reconhecida como entidade
    geradora de valor para seus
    cooperados, clientes,
    colaboradores e à comunidade.

Download do Estatuto Social

A NOSSA HISTÓRIA

Durante a década de 1960, começou um trabalho de conscientização e agregação dos produtores em torno dos ideais do cooperativismo e das inúmeras vantagens desta forma associativa de organização e produção. No dia 30 de março de 1968, com cinquenta e sete agricultores reunidos em Assembleia Geral, que decidiu pela constituição da Cooperativa Agrícola Mista Juriti Ltda. (CooperJuriti), quando foi aprovado o seu estatuto social e eleita a sua primeira diretoria.

Os trabalhos dos pioneiros da Cooperjuriti buscavam montar a infraestrutura necessária ao funcionamento da cooperativa e

desenvolvimento de seus negócios, através do fornecimento de insumos, assistência técnica, recebimento, beneficiamento, armazenamento e comercialização de arroz produzido pelos seus associados.

Entre as aquisições, algumas importantes como a aquisição do engenho de arroz Cerealista Primo Ltda., que possibilitou a cooperativa iniciar suas atividades industriais no dia 02 de janeiro de 1969. Foram adquiridas as duas primeiras seletoras de grãos, a primeira máquina de empacotar semiautomática para o empacotamento em sacos plásticos.

Cooperativa Juriti 50 Anos

EXPANSÃO E CRESCIMENTO

O projeto de expansão continuou nos anos seguintes e, no ano de 1999, seguindo a tendência dos novos tempos, a Cooperjuriti incorporou a Cooperativa Agrícola Mista Itajara Ltda. (CooperItajara), da cidade de Jaraguá do Sul, ampliando assim a captação de produto na região norte do Estado na ordem de 5.500 toneladas de arroz e criando sua unidade de beneficiamento de arroz branco na extinta CooperItajara.

Perseguindo sua vocação ao crescimento, com o aumento de escala da sua produção industrial a Cooperjuriti, adquire, no ano de 2009, uma unidade de recebimento, secagem e armazenamento de arroz, na cidade de Santo Antônio da Patrulha, no Estado do Rio Grande do Sul.

Seu produto está presente nos principais centros consumidores do País, tornando-se, na região Metropolitana de Curitiba/PR líder de mercado no ramo de arroz beneficiado parboilizado e a marca Top of Mind dos consumidores de arroz naquela região.

A filosofia inicial da empresa e que permanece até hoje orientou a série de modificações estruturais da organização, de forma que ficassem assegurados o funcionamento e a produção de forma contínua.

Desta forma, o processo de crescimento da CooperJuriti deu um passo substancial com a aquisição de uma área de aproximadamente vinte mil metros quadrados e com a construção da Unidade II, onde foram instalados também os tanques suspensos para a imersão do arroz, os primeiros construídos na região do litoral norte catarinense.

Dando sequência a fase de expansão, foram construídos os primeiros silos graneleiros para a secagem do arroz branco e os quatro silos existentes foram ampliados. Foi inaugurada a Unidade de Beneficiamento de Sementes (UBS), construída em parceria com a Secretaria de Agricultura, através da CIDASC – Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina.

Associados fundadores da cooperativa
Agrícola Mista Juriti Ltda em 30/03/1968

  • Alfredo Jacobi
    Ewald Sasse
    Lauro Altrak
  • Alfredo Venske
    Ewaldo Kassner
    Luiz Bordin
  • Alfredo Voelz
    Fridolino Borchardt
    Margo Utech
  • Alito Müller
    Getúlio Cristofolini
    Narciso Girardi
  • André Safanelli
    Guerino Berri
    Natale Moser
  • Antonio Jagiello
    Harrold Froehlich
    Pedro Brych
  • Arceste Pacher
    Harry Fröhlich
    Rudi Utech
  • Arno Delling
    Harry Sasse
    Rudibert Froehlich
  • Arnold Fauth
    Ildemar Manke
    Rudibert Krause
  • Arnoldo Conzatti
    Irineu Manke
    Scepan Prawutzki
  • Arturo Berri
    Ivo Froehlich
    Tercilio Giovanella
  • Augusto Tomaselli
    João Brayer
    Thomaz Kemczinski
  • Bertholdo Voelz
    João Chrast
    Thomaz Lada
  • Casimiro Wenk
    João Moskorz
    Vicente Maiochi
  • Curt Bublitz
    Jorge Conrado Leschinski
    Virgilio Quinto Cristofolini
  • Curt Wulf
    José Brych
    Waldemiro Domaszak
  • Edmundo Lubawski
    José Safanelli
    Wigand Donath
  • Egon Oechsler
    José Witkowski
    Wigold Sasse
  • Erich Borchardt
    Julio Lubawski
    Willy Kupas

A DIRETORIA

Conselho de Administração
2020/2024

Orlando Giovanella – Presidente
Edelar Carlos Conzati – Vice Presidente
Acyr Tassi – Secretário
Clodoaldo Bordin – Conselheiro
Evanildo Wilbert – Conselheiro
Francisco Luis Demarchi – Conselheiro

Conselho Fiscal
2020/2021

Gilberto Luiz da Silva Azevedo
Hélcio Demarchi
Hercilio Zanluca
Irio Will
Lúcio Eugenio Wenk
Valério Pauli